Doenças transmitidas por caramujos

Cuidados com aracnídeos
04/05/2021
snail

Caramujos são moluscos da classe Gastropoda, facilmente encontrados em plantações, jardins e cidades. São animais que se reproduzem rapidamente e se alimentam de plantas e, caso estejam infectados por parasitas, podem transmitir algumas doenças, como:

– Esquistossomose

A esquistossomose é popularmente conhecida como doença do caramujo, pois o parasita Schistosoma mansoni necessita desse animal para que se desenvolva. Quando chega à forma infectante, é liberado na água e infecta as pessoas por meio da penetração na pele, causando vermelhidão e coceira no local de entrada e, posteriormente, fraqueza e dor muscular.

– Fasciolíase

A fasciolíase é uma doença infecciosa causada pelo parasita Fasciola hepatica, que necessita do caramujo para completar o seu ciclo de vida, principalmente os caramujos de água doce da espécie Lymnaea columela e Lymnaea viatrix. Os ovos desses parasitas são liberados nas fezes de animais e o miracídio, que corresponde ao estágio pré-larval desse parasita, é liberado do ovo e consegue chegar ao caramujo, infectando-os. Nos caramujos, há desenvolvimento até a forma infectante e, em seguida, é liberado para o ambiente.

– Meningite eosinofílica

A meningite eosinofílica, também chamada de angiostrongilíase encefálica, é causada pelo parasita Angiostrongylus cantonensis, que pode infectar lesmas e caracóis e infectar as pessoas através da ingestão desses animais crus ou mal cozidos, além do contato com o muco liberado por eles. Como esse parasita não é bem adaptado ao organismo humano, pode se deslocar até o sistema nervoso, causando forte dor de cabeça e rigidez na nuca, por exemplo.

– Angiostrongilíase abdominal

Assim como a meningite eosinofílica, ou angiostrongilíase abdominal é transmitida pelo caramujo gigante africano infectado pelo parasita Angiostrongylus costaricensis, que ao entrar no organismo das pessoas pode levar a sintomas gastrointestinais, como dor abdominal, vômitos e febre, por exemplo.

Para evitar a contaminação por esse animal, é recomendável realizar a limpeza frequente de quintais, hortas e jardins, utilizando os produtos adequados, além de lavar bem frutas e verduras antes de consumi-las.

 

Fonte: https://www.tuasaude.com/doencas-causadas-pelo-caramujo/

Os comentários estão encerrados.